Processos de Reciclagem do Plástico

por / sexta-feira, 24 fevereiro 2012 / Publicado em Noticias

Fonte: Ambiente Brasil

Existem muitas vantagens no uso de plásticos como: menor consumo de energia na sua produção, redução do peso do lixo, menor custo de coleta e destino final, poucos riscos no manuseio, práticos e são totalmente recicláveis.

No entanto, do total de plásticos produzidos no Brasil, só reciclamos 15%. Um dos empecilhos é a grande variedade de tipos de plásticos. Uma das alternativas seria definir um tipo específico de plástico para ser coletado.

Os plásticos recicláveis são: potes de todos os tipos, sacos de supermercado, embalagens para alimentos, vasilhas, recipientes e artigos domésticos, tubulações e garrafas PET, que convertida em grânulos é usada para fabricação de cordas, fios de costura, cerdas de vassouras e escovas.

Os não recicláveis são: cabos de panela, botões de rádio, pratos, canetas, bijuterias, espuma, embalagens a vácuo, fraldas descartáveis.

O plástico reciclado tem infinitas aplicações, tanto nos mercados tradicionais das resinas virgens, quanto em novos mercados. Ele pode ser utilizado para fabricação de garrafas e frascos (exceto para contato direto com alimentos e fármacos), baldes, cabides, madeira-plástica, cerdas, vassouras, escovas, sacolas e outros tipos de filmes, painéis para a construção civil, entre outras.

Existem três diferentes tipos de reciclagem:

A química que re-processa o plástico, transformando-o em petroquímicos básicos que servem como matéria-prima em refinarias ou centrais petroquímicas. Tem como objetivo a recuperação dos componentes químicos individuais para reutilizá-los como produtos químicos ou para a produção de novos plásticos.

A reciclagem mecânica consiste na conversão dos descartes plásticos pós-industriais ou pós-consumo em grânulos que podem ser reutilizados na produção de outros produtos, como sacos de lixo, solados, pisos, mangueiras, embalagens não-alimentícias e outros.

A reciclagem energética é a recuperação da energia contida nos plásticos através de processos térmicos. Utiliza os resíduos plásticos como combustível na geração de energia elétrica.

Para saber mais sobre como são feitos os plásticos e seus processos de reciclagem acesse: Ambiente Brasil

Deixe uma resposta

TOPO